Manchester City pode seguir os passos de Chelsea…. e ser sancionado pelo Governo

Partilhar no:
Mais Vistos

Uma das principais notícias até agora deste ano foi a dura sanção que o Chelsea recebeu pela estreita relação entre Roman Abramovich, proprietário ‘blue’, com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, nação atualmente envolvida em uma trágica guerra com a Ucrânia.

 

O governo britânico decidiu congelar todas as transações possíveis dos londrinos, além de ter como alvo o magnata russo, que chegou a colocar o clube à venda.

 

Agora é o Manchester City que pode seguir os passos do Chelsea. A ‘BBC Sports’ revelou que o proprietário da entidade ‘citizen’, Sheikh Mansour, se encontrou recentemente com Bashar al-Assad, o atual presidente da Síria.

 

O problema surge quando a referida mídia especificou que o presidente sírio é um dos aliados de Vladimir Putin, então o governo acredita que Mansour “não contribui para a paz”.

 

Chris Bryant, um deputado trabalhista, deu uma entrevista ao ‘The Telegraph’ e falou sobre o assunto. Ele não teve papas na língua e criticou duramente o dono do City: “Ele é a pessoa certa para ser dono de um clube de futebol? O Reino Unido continua a se opor a qualquer normalização das relações com o regime sírio”.

Leave a Response