Simeone arrasador: ‘top’ de salários na Alemanha, Espanha, Inglaterra e Itália

Partilhar no:
Mais Vistos

Segundo o ‘L’Équipe’, Simeone, treinador do Atlético de Madrid, ganha 3,33 milhões de euros brutos por mês. O prestigiado jornal francês publicou os maiores salários dos treinadores das grandes ligas e só Pep Guardiola, ainda longe, aproxim-se do valor que recebe o técnico ‘colchonero’. Na Ligue háuma análise mais extensa.

 

Dividindo por países os salários que foram revelados, em Espanha, Simeone é sgeuido por Carlo Ancelotti, do Real Madrid, com 910.000 euros brutos por mês, e Marcelino, do Athletic, com 500.000. Chama à atenção a distância entre os integrantes do ‘top 3’ e a ausência de Xavi, que evidência que assumiu um salário mais baixo para ajudar as finanças do Barcelona.

 

Na Alemanha, Julian Nagelsmann, do Bayern, recebe 666.000 euros brutos por mês. Atrás de si está Gerardo Seoane, do Bayer Leverkusen, com 416.000, e Marco Rose, do Borussia Dortmund, com 375.000. A Bundesliga é a categoria onde os treinadores recebem menos em comparação com as outras grandes ligas.

 

Em Inglaterra, Pep Guardiola, do Manchester City, é líder com 1,89 milhões de euros brutos por mês, depois vem Jürgen Klopp, do Liverpool, com 1,49, e Antonio Conte, do Tottenham Hotspur, também com 1,49. Em Itália, Massimiliano Allegri, da Juventus, recebe 1,17 milhões; José Mourinho, da Roma, 770.000 euros, e Simone Inzaghi, do Inter, 620.000.

Leave a Response