“Koeman me desrespeitou; com Xavi o Barça é outro”

Partilhar no:
Mais Vistos

El Besiktas anuncia la llegada de Pjanic como si fuese un videojuego

O meio-campista Miralem Pjanic nunca escondeu que Ronald Koeman não era seu santo de devoção. Ele culpa o ex-técnico do Barcelona por tê-lo deixado de fora do time culé, segundo sua opinião, sem motivo. “Até Messi me perguntou se estava acontecendo algo comigo…”, comentou o jogador há alguns meses.

 

Agora, Pjanic voltou a falar. Em entrevista concedida ao ‘La Gazzetta dello Sport’, ele afirma que sentiu que estava sendo tratado injustamente.

 

“Koeman me desrespeitou. Laporta tomou uma ótima decisão com Xavi. Agora, o Barça está completamente diferente”, analisou o meio-campista em profundidade.

 

Pjanic elogiou Pedri e também Gavi. “Adoro o Pedri. Ele dança com a bola como Iniesta. Gavi? A primeira vez que o vi pensei: ‘Esse menino vai ser especial'”, disse.

 

Ele ainda admitiu que gostaria de voltar para a Itália. “Estou nostálgico. Gostaria de voltar, sim. Houve contatos no verão passado com a Juve, mas não aconteceu e não por razões financeiras”, concluiu.

 

Leave a Response